A professora Fania Jardelly é a protagonista do segundo capítulo de entrevistas.

Sabendo de várias cursistas, professores e funcionários que participaram e participam da trajetória do Centro de Formação Antonino Freire (CFAF) como instituição de formação, estamos lançando o Minha História com o CFAF, um quadro de matérias especiais que contarão a história dessas pessoas que fazem parte da caminhada do Centro de Formação Antonino Freire.

Confira o próximo capítulo a seguir:

Capítulo Dois: Fania Jardelly

Fania Jardelly em entrevista ao CFAF

Natural de Sucurpira do Norte (MA), Fania Jardelly é formada em matématica e química, pós-graduada em matématica e física pela Faculdade de Educação do Piauí (FAEPI), além de exercer a função de professora há 10 anos.

Fania conheceu o Centro de Formação Antonino Freire (CFAF) através de um colega que a apresentou os cursos e, desde então, a possibilidade de poder se capacitar ainda mais na sua profissão a entusiasmou. Para a professora, é uma forma diferente de aprendizagem, pela qual se apaixonou.

No CFAF, Fania foi aluna do curso de Metodologias ativas e recursos tecnológicos no ensino da matématica, realizado entre 24 de agosto à 30 de novembro, no semestre letivo do 2021.2. Ministrado pela Profa. Esp. Anadelia Carvalho dos Santos e Silva, a professora garante que a ministrante é uma profissional excelente, destacando que cada momento do encontro foi uma descoberta.

“Foi muito gratificante porque eu aprendi muitas coisas que eu pensava que não iria ter capacidade para entender e de também repassar para os meus alunos. Um dos momentos que eu mais amei foi sobre a gamificação, que apliquei posteriormente com os meus alunos e eles também amaram.”

Para a professora, é essencial estar se capacitando cada vez mais, não só a nível profissional, mas pessoal também. Fania afirma, em entrevista à ASCOM CEFAF/UESPI, que a experiência como cursista foi excelente e garante que não quer para apenas nesse curso e sim realizar mais cursos oferecidos pelo CFAF.

A respeito da modalidade remota dos cursos, a professora conta que, para ela, foi uma experiência divertida:

“Foi engraçado porque esse meio tecnológico, no mundo que nós vivemos hoje, em relação à essa pandemia, foi gratificante pois apenas em uma tela virtual conseguimos captar tanto a mensagem da professora, quem ministrava as aulas, quanto os alunos quem, em sua boa parte, já eram profissionais da educação enquanto outros estavam iniciando esses métodos.”

Segundo Fania, o certificado do curso, pessoalmente, é de tamanha importância, profissionalmente e pessoalmente, por fim, agradecendo imensamente à professora ministrante e centro por tê-la proporcionado ideias maravilhosas no ensino.

O Catálogo de Cursos 2022.1 será lançado em breve e você pode continuar acompanhando mais informações no site e nas redes sociais do Centro de Formação Antonino Freire para estar por dentro de tudo que acontece na programação da instituição.