Os atrativos naturais do Piauí passarão a ser monitorados, segundo a Secretaria de Estado da Defesa Civil do Piauí. A ação faz parte da campanha Banho Seguro, e o objetivo é conscientizar os banhistas sobre os riscos de afogamento e informar medidas de prevenção para evitar esse tipo de ocorrência.

A iniciativa também busca reforçar junto à população os cuidados e a atenção redobrada diante do aumento do volume das chuvas, nesse período em que muitos turistas optam por se deslocar para locais que incluem como lazer o banho em rios, lagoas, balneários, cachoeiras e açudes.

5003f928-50e1-4d42-8cda-1b490007e4ae.jfif

Werton Costa, diretor de Prevenção e Mitigação da Defesa Civil, enfatizou que a campanha não se limita à sensibilização do público-alvo, mas também engloba ações práticas, como sinalizações e capacitação.

“A sinalização é necessária para orientar o banhista sobre características de profundidade, vazão, correnteza e risco. A intervenção educativa significa o contato direto dos órgãos públicos promotores da campanha com os usuários da área de banho, mas também com aqueles que querem obter renda com o espaço. A capacitação preventiva será o trabalho formativo junto a determinados segmentos diretamente envolvidos com a exploração econômica das áreas de banhos”, explica o gestor.

Ainda segundo ele, as equipes seguirão um cronograma e, no mês de março, será iniciada a campanha de conscientização nas barragens e cachoeiras.

“Mais de 20 cachoeiras serão visitadas pelas equipes envolvidas. Faremos a abordagem corpo a corpo, a entrega de prospectos e panfletos de orientação. Também precisamos contar com o apoio daqueles que têm a expertise, o conhecimento sobre as peculiaridades das áreas de banho”, finaliza Werton Costa.

A campanha é realizada em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo, o Corpo de Bombeiros e a Secretaria de Segurança e Polícia Militar.

Para o gestor da pasta do Turismo, José Neto Monteiro, esse é um trabalho importante de integração entre as equipes e que se estenderá por todo o ano.

“Nesse período, o fluxo de turistas aumenta nesses locais que, além de bonitos, são atrativos para a diversão. Porém, é preciso ter muita cautela com os riscos, por isso a importância de mantermos a campanha com ações de conscientização. Fomos procurados pela equipe da Defesa Civil e prontamente abraçamos a iniciativa, que é necessária não somente em períodos específicos, como em todo o ano. O nosso objetivo é fazer com que os turistas curtam, apreciem nossas belezas, mas com segurança”, frisa Monteiro.